Atendimento

(11) 2372-6352

Como o novo programa do governo está tornando as viagens aéreas mais acessíveis a R$ 200

Saiba como isso vai mudar sua vida

Se você gosta de viajar, então preste muita atenção! Silvio Costa Filho, o ministro de Portos e Aeroportos, fez um importante anúncio prevendo a implementação de um programa inédito chamado “Voa Brasil”. Tal iniciativa promete vender passagens aéreas com valores inferiores a R$ 200.

Logo, o público priorizado será de brasileiros que nunca estiveram em um avião ou não viajam há um período superior a 12 meses. Em março do ano passado, a gestão Lula sinalizou que esse projeto aconteceria, mas, até o momento, nada havia sido efetivamente confirmado.

Assim, espera-se que os estudantes do Prouni (Programa Universidade para Todos) e os aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) consigam usufruir das vantagens oferecidas e pagar menos na aquisição de bilhetes, mesmo com o inflacionamento no referido setor.

Conforme dados obtidos pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as passagens aéreas aumentaram cerca de 47% nos últimos 12 meses. Uma das causas desse fenômeno é a alta procura pelos serviços após o término da pandemia, o que gerou o reaquecimento do setor.

Quem poderá adquirir as passagens aéreas?

Conforme as informações iniciais, o “Voa Brasil” vai beneficiar 600 mil estudantes do Prouni e mais 20,8 milhões de aposentados pelo INSS. No entanto, o público deve se ampliar nos meses seguintes, de acordo com os planos do poder público.

O ministro também afirmou que o governo deseja diminuir o preço do querosene de aviação, de modo a tentar baixar as tarifas. Entretanto, ainda não foi revelado o número de passagens aéreas com preço reduzido que serão disponibilizadas aos cidadãos. No entanto, a Latam, a Azul e a Gol já confirmaram sua participação na iniciativa.

No mês de julho do ano passado, Costa Filho chegou a dizer que cerca de 1,5 milhão de bilhetes poderiam ser emitidos mensalmente, mas ainda não se sabe se este dado é consistente ou se trata apenas de especulação.

Por fim, conforme a autoridade já citada, os interessados em comprar as passagens aéreas poderão fazer isso por meio de um site específico. Assim, a compra não será realizada diretamente no portal das empresas de aviação. O lançamento do programa está previsto para a primeira quinzena de fevereiro.

Fonte original do artigo

Compartilhe

Precisa organizar sua contabilidade?

Fale Conosco

Success
Formulário enviado com sucesso!
Campo obrigatório
Campo obrigatório
Campo obrigatório
  • Cálculo Trabalhista
  • Certificado Digital
  • Imposto de Renda (IRPF)
  • Folha Doméstica
  • BPO Financeiro
  • Legalização de Empresas
  • Assessoria Trabalhista
  • Departamento Fiscal
  • Departamento Contábil
  • Assessoria Contábil
  • Outros Assuntos
Campos Obrigatórios
Campo obrigatório