Atendimento

(11) 2372-6352

Klabin revisa estimativas de investimento

Klabin revisa estimativas de investimento

A Klabin (KLBN11) revisou suas estimativas de investimento pós-aquisições de ativos (Projeto Caeté).

O Capex planejado para 2024 é de R$ 3,3 bilhões; para 2025, R$ 3,1 bilhões; 2026, R$ 2,7 bilhões; 2027, R$ 2,8 bilhões e 2028, R$ 2,5 bilhões.

A empresa antecipa sinergias provenientes do Projeto Caeté, estimadas entre R$ 350 milhões e R$ 400 milhões anualmente, no período de 2025 a 2028. Além disso, a Klabin projeta um custo caixa total de R$ 3,1 mil por tonelada em 2024.

A ação KLBN11 encerrou o dia 20 cotada a R$ 21,27.

Klabin (KLBN11)

A Klabin (KLBN11) anunciou ontem a conclusão da aquisição dos ativos florestais da Arauco, concentrados principalmente no Paraná, por US$ 1,16 bilhão, equivalente a R$ 5,8 bilhões na taxa de câmbio atual.

Essa transação é estratégica para os negócios da Klabin no estado. A compra abrange um total de 150 mil hectares, dos quais 85 mil hectares são destinados ao plantio de pinus e eucalipto, e inclui 31,5 milhões de toneladas de madeira em pé.

Com essa aquisição, a Klabin assegura a autossuficiência em matéria-prima na região, o que era crucial para seus custos de produção até pelo menos 2028.

Do montante total a ser investido, sendo o desembolso previsto para o segundo trimestre do próximo ano, R$ 3 bilhões correspondem à aquisição da madeira, com base nos preços da consultoria Afry (antiga Pöyry), uma referência global no setor, e R$ 2,8 bilhões à compra das terras.

A ação KLBN11 encerrou o dia 20 cotada a R$

Preço por hectare

A companhia informou que o preço por hectare acordado para a Klabin foi de aproximadamente R$ 33 mil, em comparação com os mais de R$ 100 mil registrados pelo Valor na mesma região no início do ano, refletindo uma significativa valorização das terras em determinadas áreas do país nos últimos anos.

A transação também é estratégica para o grupo chileno Arauco, que planeja investir R$ 15 bilhões em uma megafábrica de celulose de eucalipto em Mato Grosso do Sul até o final da década.

Enfrentando desafios operacionais, como atrasos e problemas no lançamento de seu projeto Mapa, além de incêndios florestais em seu país de origem, a Arauco busca capitalizar-se para financiar esse futuro investimento. A operação de painéis de madeira no Paraná será mantida, com o fornecimento de madeira por terceiros.

Com essa operação, que envolve a aquisição da participação da Arauco em quatro empresas florestais no Paraná e em estados vizinhos, a Klabin reduz em R$ 4 bilhões o investimento futuro em madeira em pé e terras. Adicionalmente, há ganhos estimados entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões provenientes da possível venda de áreas mais distantes das operações industriais no Paraná no futuro.

Fonte original do artigo

Compartilhe

Precisa organizar sua contabilidade?

Fale Conosco

Success
Formulário enviado com sucesso!
Campo obrigatório
Campo obrigatório
Campo obrigatório
  • Cálculo Trabalhista
  • Certificado Digital
  • Imposto de Renda (IRPF)
  • Folha Doméstica
  • BPO Financeiro
  • Legalização de Empresas
  • Assessoria Trabalhista
  • Departamento Fiscal
  • Departamento Contábil
  • Assessoria Contábil
  • Outros Assuntos
Campos Obrigatórios
Campo obrigatório