Atendimento

(11) 2372-6352

Quem tem mais de 40 anos pode pedir aposentadoria com novos requisitos

repasse especial no dia 02/01; veja quem recebe

Aqui, neste conteúdo, abordamos como as pessoas que estão próximas da aposentadoria podem se planejar.

Contribuintes com mais de 40 anos tem chances altíssimas de se precaver e mudar o rumo das suas contribuições de forma a se beneficiar futuramente.

Quem tem mais de 50 ainda pode ter uma última oportunidade de se planejar e fazer as últimas alterações necessárias.

As pessoas com mais de 60 anos devem ter atenção redobrada, principalmente em relação aos cálculos feitos, a fim de não se precipitarem na escolha de um benefício baixo.

O Planejamento Previdenciário deverá ser mais detalhado e abordar a vida do contribuinte além do INSS. Precisa haver um olhar minucioso no âmbito Previdenciário, Tributário, Fiscal e Securitário.

DICA: muitas pessoas nessa faixa de idade (e em muitas outras) passaram a exercer a função de MEI ou deixaram de contribuir por algum motivo. Talvez por desacreditarem da Previdência, muitos deixam a cargo do futuro sua situação previdenciária.

Para quem tem próximo de 40 anos, ainda impera uma falsa sensação de que a aposentadoria está “muito longe” ou que as coisas podem mudar ao decorrer do tempo.

Entretanto quando afirmamos que planejamento para esses segurados deve ser feito além do âmbito previdenciário, leva-se em conta a desvalorização que a aposentadoria vem sofrendo ao longo dos anos.

Dessa forma, para que esse beneficiário não fique desamparado ou viva no futuro com poucos recursos, deve-se pensar (principalmente) em uma aposentadoria complementar ou outra renda paralela.

Segurados que estão nessa faixa de idade podem aproveitar os benefícios de um planejamento e se anteciparem a possíveis contratempos na hora da solicitar seu benefício.

Pessoas nessa faixa de idade estão em momento crucial e podem ainda ter a chance de escolherem a melhor modalidade de aposentadoria, por que são muitas.

Você conhece todas as modalidades de aposentadoria?

Para esses segurados, é possível explorar as diversas regras de acesso e garantir a que se adeque melhor ao seu perfil e objetivo.

As possibilidades são muitas:

  • Direito Adquirido
  • Pedágio de 50%
  • Pedágio de 100%
  • Pontos

Tempo de contribuição por idade mínima (em 2023 passará a ser 63 anos para o homem e 58 anos para mulher)

Se você tem dúvidas, acesse a nossa calculadora de aposentadoria. Nela você encontra um recurso completo que te esclarecerá sobre seu perfil e contribuições.

Se achar tudo muito complicado, procure um advogado da sua confiança, combinado?

A aposentadoria já é quase uma realidade para essas pessoas!

As regras de acesso para aposentadoria mudaram (tempo de contribuição e idade mínima) e diante deste cenário que pode parecer confuso e cheio de nuances, a chave para o melhor benefício está no cálculo certo.

Nessa situação, o indicado é procurar informações de confiança junto a um advogado. Será ele que fará todos os cálculos mediante a sua vida laborativa e te indicará as melhores opções, evitando que sejam feitas escolhas desvantajosas.

Ah, mas tem uma boa notícia!

Sabia que é possível usar no cálculo a regra dos descartes?

Isso mesmo, você pode pegar os 9 anos com as maiores contribuições e usá-los para aumentar o valor do seu benefício. Essa regra pode elevar positivamente seus resultados. Converse com um profissional a respeito e descubra se essa regra pode ser vantajosa pra você.

PLANEJAMENTO

Tão importante quando saber qual será o valor da aposentaria, é saber como pagar para chegar até ele.

O planejamento deve seguir a regra dos 3Q’s que eu já expliquei pra você em outras ocasiões.

Lembra?

Quando você vai se aposentar?

Quanto você vai receber?

Qual o é o melhor benefício previdenciário pra você

Se você já tem essas respostas, aí sim você saberá COMO contribuir para conquistar o seu benefício.

E não esqueça de utilizar nossa calculadora!

Ela é sua parceira nesse momento tão decisivo. Momento esse que vai definir o seu futuro a partir de hoje.

Ah, se restar dúvidas ou se você ficar perdido com os cálculos, não hesite em procurar um advogado especialista.

Especialista em Previdência Social – Hilário Bocchi Junior

Fonte original do artigo

Compartilhe

Precisa organizar sua contabilidade?

Fale Conosco

Success
Formulário enviado com sucesso!
Campo obrigatório
Campo obrigatório
Campo obrigatório
  • Cálculo Trabalhista
  • Certificado Digital
  • Imposto de Renda (IRPF)
  • Folha Doméstica
  • BPO Financeiro
  • Legalização de Empresas
  • Assessoria Trabalhista
  • Departamento Fiscal
  • Departamento Contábil
  • Assessoria Contábil
  • Outros Assuntos
Campos Obrigatórios
Campo obrigatório