Atendimento

(11) 2372-6352

Saiba como crescer seu negócio de recuperação tributária em 2024

Saiba como crescer seu negócio de recuperação tributária em 2024

Mais um ano chega ao fim e muitos empreendedores tributários aproveitam este período para refletir sobre os projetos que realizaram e planejar os próximos que virão. Eu também sempre uso o mês de dezembro para analisar o cenário do mercado de tributação e me informar sobre as tendências futuras. 

Por ser um mercado que ainda está em ascensão, é possível inovar de muitas formas na área de tributação. A demanda é alta e a maioria dos profissionais ainda está se especializando para conseguir aproveitar essas oportunidades. Logo, quem dá um passo à frente sempre aumenta suas chances de destaque.

Foi pensando nisso que preparei este artigo, no qual eu compartilho com vocês as cinco tendências que todo empreendedor tributário que deseja crescer precisa estar atento. 

5 tendências do mercado tributário que você precisa ficar de olho para 2024

1 – Estude novos nichos de atuação

O empreendedorismo tributário possui um vasto território para explorar, no que diz respeito à atuação. Em resumo, qualquer segmento pode contar com serviços de consultoria em tributação, ao passo que cada vez mais empresas aceitam esse trabalho.

Logo, precisa observar o seguinte: quais áreas são as mais promissoras para a consultoria tributária? Ou seja, quais ainda não possuem uma atuação consolidada deste serviço? Desta forma, você aproveitará um nicho ainda em expansão, podendo solidificar seu desempenho e, até mesmo, virar referência no setor.

Já posso adiantar dois setores para ficar de olho em 2024: o de tecnologia e o comércio exterior. 

O primeiro será impactado por novas legislações que constantemente surgem no meio, como forma de regulamentação da exploração de tecnologias. Por outro lado, o mercado de importação e exportação tem sofrido alterações por conta das novas taxações. Isso é um prato cheio para negócios do meio pagarem mais impostos do que deveriam.

2 – Ofereça serviços de planejamento tributário

Nunca é tarde demais para ter um planejamento tributário. Afinal, antes tarde do que nunca, não é mesmo? E fato é que os “atrasados” podem ser uma enorme oportunidade para empreendedores tributários. E te explico o porquê.

Uma sugestão é procurar companhias que não possuem um planejamento tributário e oferecer esse serviço a eles. Esta também se torna uma porta de entrada para o trabalho de consultoria recorrente.

Muitas empresas acreditam não ser necessário realizar um planejamento tributário. Contudo, eles estão absolutamente errados. Sem o apoio de um especialista tributário, uma organização pode facilmente perder capital financeiro recolhendo tributos em demasia.

Portanto, mapeie quais empresas ainda não aderiram ao planejamento tributário e ofereça seus serviços. Traga dados que exemplificam o quanto uma organização perde sem ele e utilize sua experiência de mercado como argumentos para validar sua atuação. Após conquistar a confiança da companhia, ofereça também o serviço de recuperação tributária e ganhe mais um parceiro de negócios!

3 – Crie uma assinatura de newsletter

Um dos principais meios de comunicação atuais é a newsletter. Por meio dela, você consegue promover um produto, educar, conscientizar, informar e criar engajamento independente de qual seja sua área. 

Trazer essa ferramenta para o empreendedorismo tributário é um grande acerto. É um canal de comunicação que pode te conectar com muitos potenciais clientes e profissionais interessados em conhecer mais sobre recuperação tributária. 

Como citei no início deste item, a newsletter tem múltiplas funcionalidades e uma delas é aproximar-se do público.

Com isso, se pretende agregar novos parceiros comerciais, pense na ferramenta como um canal para promover seus projetos. Já se você planeja tornar sua marca mais conhecida, o melhor caminho é construir uma newsletter informativa, que atraia a atenção de leigos no assunto.

O uso de newsletters é uma das tendências que mais me agrada e empolga neste meio. Quanto mais tecnológica a tributação estiver – e melhor disseminada ela for – maior será o crescimento do setor como um todo!

4 – Ofereça suporte jurídico

Outro braço no qual o empreendedorismo financeiro pode se desenvolver é o de assistência jurídica focado em tributação. Nele, você atua junto com o setor jurídico da sua empresa na análise do histórico de taxação e identificação de possíveis cobranças injustas, e elabora com o corpo de advogados as estratégias para revogá-los.

Para além do formato de recuperação tributária, você pode atuar na prevenção de taxações desnecessárias, além de auxiliar em outras tarefas dentro da área de tributação. Por ser um setor que permite muita inovação em questões de projeto, essa flexibilidade sustenta múltiplos planos de ação.

Se você tiver formação em Direito ou alguma especialização na área, suas chances de se destacar no mercado são ainda maiores. Ao oferecer o serviço de suporte jurídico, você pode contar com o auxílio de um advogado por meio de parceria, mas, caso tenha formação na área, sua trajetória será muito mais fácil.

5 – Disponibilize serviços de consultoria

Uma boa alternativa é sempre iniciar seu negócio se apresentando como um consultor tributário. Ou seja, um profissional que não faz parte da equipe fixa da empresa, mas atua apenas em casos específicos, analisando o histórico de tributações de determinado período ou prestando serviços apenas por um tempo pré-determinado.

Portanto, podemos afirmar que em 2024 o papel de consultor em recuperação tributária ainda será muito procurado. Apostar nesse caminho será um grande acerto!



Fonte original do artigo

Compartilhe

Precisa organizar sua contabilidade?

Fale Conosco

Success
Formulário enviado com sucesso!
Campo obrigatório
Campo obrigatório
Campo obrigatório
  • Cálculo Trabalhista
  • Certificado Digital
  • Imposto de Renda (IRPF)
  • Folha Doméstica
  • BPO Financeiro
  • Legalização de Empresas
  • Assessoria Trabalhista
  • Departamento Fiscal
  • Departamento Contábil
  • Assessoria Contábil
  • Outros Assuntos
Campos Obrigatórios
Campo obrigatório